quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Festival de Berlim 2012 começa nesta quinta (9)


Com 23 filmes na mostra competitiva, a 62ª edição do Festival de Berlim começa nesta quinta-feira (9), com a exibição de "Les Adieux à la reine" (foto), do francês Benoit Jacquot. O filme traz Léa Seydoux, um dos rostos emergentes do cinema na França, no papel de uma das amas de Maria Antonieta. É por meio do olhar dessa personagem, responsável por ler livros para a monarca, que o espectador acompanha a escalada da Revolução. Seydoux está também em "L'Enfant en Haut", outro concorrente ao prêmio máximo do Festival, no qual contracena com Gillian Anderson, de "Arquivo - X".
O Brasil está presente no Festival com três longas-metragens e um curta. Na competição, "Tabu" é uma coprodução portuguesa e brasileira que conta a história de um casal de amantes, sob o ponto de vista do parceiro masculino. Na mostra paralela Panorama, "Xingu", de Cao Hamburger, mostra a saga dos irmãos Villa-Boas no Parque Nacional que ajudaram a fundar, enquanto o documentário "Olhe Pra Mim de Novo", de Kiko Goifman e Claudia Priscilla, investiga o comportamento de pessoas que fogem à tríade heterossexual, homossexual e bissexual. O curta "Licuri Surf", de Huile Martins, representa o país na competição do formato e acompanha os índios surfistas e suas incursões por praias sem ondas.
Dos filmes selecionados para a competição, 18 disputam os Ursos de Ouro e Prata. Além disso, 19 filmes vão comemorar a estreia mundial. As exibições especiais de "A Toda Prova", de Steven Soderbergh, e a "Dama de Ferro", com Meryl Streep, homenageada do evento, no Berlinale Palast completam o programa.
"Os temas dos filmes em competição giram em torno de mudanças radicais e partidas", diz o diretor do Festival, Dieter Kossilick.
"Transformam as perspectivas, apresentando História e histórias do ponto de vista das pessoas envolvidas"

Nenhum comentário:

Postar um comentário